Publicidade

NOTÍCIAS E ATUALIZAÇÕES


Aprender inglês

Boa tarde a todos. Vocês querem falar como um americano?

Nesta nova seção, eu aplico o método ao inglês, ou, mais precisamente, ao General American.

31 de março de 2016



Como pronunciar

Oi galera, acabei de adicionar uma seção mostrando como pronunciar.

Ela inclui informações sobre a articulação das consoantes e técnicas mostrando como pronunciar as vogais.

21 de fevereiro de 2016

Sobre o Autor

Baanos, fundador do LearnLanguagesOnYourOwn Olá, meu nome é Marc e sou o autor do LearnLanguagesOnYourOwn. Sou um falante nativo do francês quebequense e tenho uma formação em Linguística na Université de Montréal. Até hoje, eu falo francês (Nativo), inglês (Fluente), português brasileiro (Intermediário avançado), mas já falei norueguês (Intermediário), alemão (Novato) e espanhol (Novato avançado).

Meu Progresso na Aprendizagem dos Idiomas

Consegui aprender inglês em uma idade relativamente jovem, graças à minha mãe que se certificou de me expor à televisão em inglês apesar de vivermos em uma casa francófona. Eu me lembro de ter visto incontáveis episódios de Sesame Street quando era criança, que me ajudou grandemente a dominar o inglês tão cedo na minha vida. O nível do meu inglês já era Intermediário aos 10 anos de idade. A exposição contínua aos programas de TV em inglês se tornou voluntária durante a minha adolescência, dando continuidade ao aprendizado. Eu diria que aos 16 anos de idade já estava fluente. A maioria da aprendizagem veio de assistir TV. Nas escolas públicas francófonas da província do Quebec, aulas de inglês são obrigatórias a partir do quarto ano até a faculdade, pelo menos, foi assim naquela época. O inglês administrado na escola neste período foi um bônus, embora eu já soubesse a maioria do que era ensinado.

Aqui na província do Quebec, tem algo que se chama Cégep, que se trata de dois anos de escola em uma instituição separada, realizada exatamente antes da faculdade (geralmente de 17 a 19 anos). Durante estes dois anos, tem que se escolher um programa. Eu escolhi a história. No meu segundo ano, eu fiz uma aula intitulada O Ocidente Através das Palavras. Esta aula me fez descobrir uma paixão por idiomas germânicos e me fez perceber que eu queria estudá-los cientificamente. Então, depois que eu terminei o Cégep, eu comecei a fazer a minha formação em Linguística na Université de Montréal.

Imediatamente, eu fiquei muito interessado no dinamarquês e eu estava pensando em fazer meu mestrado na Dinamarca. Então, eu usei sites de intercâmbio linguístico, fiz alguns amigos dinamarqueses confiáveis com quem podia praticar e, acima de tudo, eu aprendei um pouco o dinamarquês, embora eu não possa dizer que já o falei. No entanto, ao descobrir o programa de Mestrado Sammenlignende germansk lingvistikk na Universitetet i Oslo eu fiquei obcecado por entrar no programa e, por este motivo, eu transferi todos os meus conhecimentos de dinamarquês que tenho recolhido e comecei a aplicá-los para o norueguês. Eu rapidamente esqueci o dinamarquês e, depois de encontrar parceiros noruegueses nos sites de intercâmbio linguístico, eu pratiquei e aprendi o norueguês. Eu era capaz de expressar quase qualquer ideia que tinha em norueguês, sem precisar do inglês. Infelizmente, o plano de estudar na Noruega não foi realizado por motivos pessoais durante o curso de meus estudos em linguística.

O Nascimento de um Website

Mais tarde na minha vida eu escolhei aprender o português brasileiro. Eu nunca tomei aulas em espanhol ou em português mais eu tive, recolhido, conhecimentos do espanhol durante os meus 3 anos estudando linguística. Como explicarei nas próximas seções do site, eu me apaixonei pelo Brasil e eu determinei que precisava aprender o português brasileiro para ser capaz de viajar até lá e ter uma experiência positiva. Então, desenvolvi um método para aprender qualquer idioma, que foi inspirado por meus estudos em linguística e o meu aprendizado de idiomas no passado. Apliquei este método para aprender o português brasileiro e tive muito sucesso. Apenas um mês depois de ter começado a aprender, já podia conversar em português brasileiro. Eventualmente, eu consegui aprender o idioma a ponto de poder expressar qualquer ideia que eu quero em português brasileiro e posso até entender alguém que fala esse idioma a um ritmo normal muito bem.

Recentemente, eu decidi compartilhar esse método com quem tem interesse em aprender um ou mais idiomas de graça e sem que o idioma seja administrado por outra pessoa. Para conseguir isso, eu criei este site. Certifique-se de ler o método completamente e fazer perguntas se alguma coisa não estiver clara. Estou convencido de que ele pode lhe trazer o sucesso que me trouxe:

O Método para Aprender Idiomas